Sódio em excesso, perigo que você não vê

Sódio em excesso, perigo que você não vê

Você ouve muito falar em sódio. Mas você sabia que ele é um dos minerais mais importantes em nossa dieta para a saúde? Muitas pessoas o confundem com o sal de cozinha, que é a junção do sódio e do cloro. Hoje vamos falar sobre o sódio, seus benefícios e quais alimentos o contém naturalmente.

O sódio é vital para a nossa saúde e deve ser consumido diariamente. A função dele em nosso organismo é a de reter líquidos e cuidar para que não percamos toda a água do corpo caso haja desidratação. Para os meus amigos de treino, ele é mais importante ainda, pois quem se exercita perde mais líquidos durante a atividade.

Ele é muito importante também para o emagrecimento, nos mantendo dispostos devido à sua atuação na hidratação corporal, e auxilia na contração muscular, retendo a água dentro dos músculos, o que otimiza a atividade física e diminui a fadiga muscular. Como age ainda na proteção dos rins, nos impulsos elétricos do coração, sendo essencial para que este órgão esteja saudável e funcione corretamente, e tem um papel de destaque nas funções neurológicas.

A falta de sódio no nosso organismo pode causar, dores de cabeça, fraqueza, vômitos e diarreias, arritmia cardíaca (aceleração do coração sem motivo aparente). Por tudo isso, devemos pensar no sódio como sendo um nutriente como qualquer outro. Porém, esse sódio deve vir na forma mais natural possível e sua ingestão deve ser feita com moderação.

A hipernatremia, ou seja, o aumento da quantidade de sódio no sangue, acontece, na maioria das vezes, devido à perda de água em excesso pelo corpo, causando desidratação, como em casos de diarreia (infecções intestinais ou uso de laxantes); vômitos (provocados por gastroenterites, por exemplo); suor abundante (em caso de exercícios intensos, febre ou calor intenso); doenças ou medicações que fazem urinar muito. Além disto, pessoas que bebem pouca ou nenhuma água ao longo do dia têm maior chance de desenvolver esta condição. Fica a dica, hein, pessoal!! Beber água sempre!!

Outra causa importante para a hipernatremia é o excesso no consumo de alimentos ricos em sódio, especialmente os industrializados e processados.

O fast food, mesmo os disfarçados de naturais contêm uma quantidade absurda de sódio. A conta desse consumo chega na forma de vários problemas. Hipertensão arterial: o aumento da pressão arterial quando o sódio está em excesso é bastante comum mesmo em pessoas que não aparentam nenhum sintoma. A hipertensão é uma doença séria, perigosa e silenciosa, pessoal! Retenção hídrica: o excesso de sódio pode causar retenção líquida deixando o corpo mais inchado e pesado, causando aumento de peso temporário e uma sensação de desconforto (parece familiar, meninas?). Fadiga: o excesso de sódio pode causar fadiga e cansaço, devido à retenção líquida, o que diminui a disposição para atividades físicas e aumenta o ciclo vicioso.

O sódio encontrado em alimentos industrializados ou no sal de cozinha, é o tipo de sódio que menos deve ser consumido. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o consumo diário ideal é de 2 g sódio por dia, o equivalente a 5 g de sal.

Podemos encontrar sódio na sua forma mais pura em alimentos como: carnes – sendo a carne de peixe a mais recomendada; algas; leites e derivados – quanto menos processado forem, melhor. Já as frutas e legumes, como quase não contém minerais, podem ser consumidas por quem busca a diminuição de sódio no organismo.

Lembrando sempre que o melhor a se fazer é procurar orientação médica. No geral, a alimentação rica em alimentos que citamos já é o suficiente para garantir a quantidade diária necessária para a saúde do corpo humano.

Facebook Comentários
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *