DHEA – A estrela dos super-hormônios

DHEA - A estrela dos super-hormônios

Hoje terminamos a série de publicações sobre hormônios falando sobre o DHEA – A estrela dos super-hormônios

Não foi por acaso que no início dos anos 2000 o DHEA se tornou a cápsula sem receita mais vendida nos EUA.

O DHEA (dehidroepiandrosterona) é um hormônio produzido principalmente pelas glândulas supra-renais ou adrenais. Este importante hormônio é responsável pela síntese de hormônios sexuais: testosterona e estrogênio.

Mas doutor, quem pode se beneficiar com a suplementação com DHEA?

A produção endógena de DHEA tem seu pico por volta dos 20 anos e ao longo da vida háuma queda exponencial, e aos

30-40 anos a sua produção pode cair pela metade. Estima-se que aos 65 anos, a produção de DHEA seja 10-20% da considerada ideal.

As consequência da queda dos níveis de DHEA se confrontam com os benefícios da sua suplementação (quando indicada por um médico especialista).

Mas quais os benefícios da suplementação com DHEA?

* Melhora da libido

* Melhora do metabolismo do cálcio, auxiliando na prevenção de osteoporose

* Grande melhora nos níveis de energia e vitalidade, observados apenas algumas semana após o inicio da suplementação (características observadas principalmente em mulheres)

* Diminuição da massa gordurosa e aumento da massa muscular.

* Melhora da imunidade, sendo um importante antioxidante!

“Nossa Doutor, vou colocar DHEA na caixa d’água da minha casa!”

Não é assim também! O DHEA é um hormônio e pode ter diversos efeitos colaterais, como a androgenizacao (masculinização). Seu uso só pode ser indicado mediante dosagem hormonal e níveis de insuficiência evidenciados nos exames laboratoriais.

Nossa série de hormônios chega ao fim, mas fiquem ligados para muitas outras informações sobre saúde aqui no Blog!

Facebook Comentários
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *